3.19 Respostas das questões (1-4)


Questão 1:
Há uma variedade de respostas possíveis, incluindo as seguintes:
  1. Alguém mais tem uma confirmação científica e independente dos resultados?
  2. Conte-nos sobre o dia em que você descobriu que sofria dessa doença.
  3. Que passos devem ser tomados imediatamente para lidar com essa doença?
  4. Quão grande é o risco à saúde causado por essa doença?
Questão 2:
  1. Uma resposta aceitável, desde que dada de forma calma e profissional. Se os jornalistas aparentam estar chateados ou irritados, isso pode sugerir que estão levando as coisas para o lado pessoal.
  2. Uma boa resposta, porque deixa o caminho aberto para a pessoa entrevistada responder à pergunta original.
  3. Uma resposta terrível. Você não tem controle sobre a entrevista, abdicou dele!
  4. Uma resposta possível, mas pode ser tedioso em uma transmissão ouvir a mesma pergunta ser repetida de maneira idêntica. Porém, pode ser adequada se a entrevista for para matérias de impressos e internet.
  5. Esta tática não recupera a entrevista de verdade. Só vale a pena se você sabe que vai precisar entrevistar essa pessoa regularmente.
Questão 3:
Várias respostas são possíveis, incluindo:
  1. Você pode receber a resposta “sim” ou “não”, o que não ajuda muito. E a pergunta não faz jus às vantagens de entrevistar pessoas leigas sobre temas de ciência.
  2. Queremos saber o que ele faz quando vê uma ave morta. Não queremos culpar um indivíduo por todas as políticas de governo, sobretudo quando se trata de uma doença altamente contagiosa e pouco compreendida. E a questão não pergunta nada de interessante sobre o trabalho do veterinário. Quando perguntado sobre as questões certas, um veterinário indiano uma vez falou sobre o estresse de lutar contra a gripe aviária – lidar com galinhas doentes e, ao mesmo tempo, com os resultados de exames demorando meses para sair.
  3. Em algumas circunstâncias, você pode convencer um entrevistado a destruir sua própria argumentação desta maneira, especialmente se a sua audiência é bem-informada sobre o assunto. Mas considere estes incidentes recentes: uma campanha de vacinação contra pólio enfrenta dificuldades na Nigéria e partes da Índia depois de alegarem que crianças vacinadas se tornaram adultos inférteis; o governo da África do Sul se recusa a acreditar na existência de HIV/Aids; o presidente do Gâmbia diz que pode curar pessoas com Aids em três dias usando ervas; a polícia do Zimbábue confiscou produtos de higiene das mulheres alegando que estavam envenenados. É essencial nessas situações oferecer um conjunto equilibrado de opiniões, a fim de evitar dar visibilidade exagerada a idéias que não merecem.
  4. As pessoas sempre vão concordar que os outros deviam estar fazendo mais coisas para resolver determinada situação. Você quer descobrir o que ele está fazendo, não o que ele pensa que o governo deveria fazer.
  5. Você já ouviu alguém de uma indústria farmacêutica dizer que eles estão vendendo demais?
  6. Perguntar qualquer coisa que resulte em muitos números vai confundir você e seu leitor. Mantenha o menor número possível de números.
Questão 4:
Há uma variedade de repostas possíveis.


página principal Questões (1-4) Respostas (1-4) Exercícios (1-4)