Lição 7: Cobrindo políticas científicas
Hepeng Jia e Richard Stone
7.1 Por que devemos nos importar com política científica?




O ônibus espacial Columbia se desintegra durante o retorno: quem é o culpado?

A primeira nave espacial chinesa a chegar à Lua envia uma imagem impressionante. Mas questões sobre a autenticidade da imagem logo aparecem na internet. Isso é liberdade de expressão ou, como um cientista chinês colocou, um “ataque à nação”?

A usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, explode e libera uma onda de radiatividade pela Europa: qual é o risco?

Um especialista em malária fala do atraso no envio de mosquiteiros para a África como “um dos crimes chocantes do nosso tempo”. Mas os mosquiteiros são uma solução universal para esse flagelo mortal?

Um painel da Organização das Nações Unidas formado por 2 mil cientistas determinou que os gases de efeito estufa produzidos pela ação humana são o estopim do aquecimento global recente. Já começamos uma avalanche lenta, porém rígida, de mudanças? Se sim, como a sociedade deve agir?

O que essas histórias têm em comum?

Todas se referem à política científica. E, para cobrir e escrever com autoridade sobre esses e outros acontecimentos no mundo da ciência, você deve ter domínio das questões básicas da política científica.

Ao completar esta lição, você terá uma boa idéia de onde encontrar notícias sobre política científica, quem você deve entrevistar para um ângulo de abordagem mais político, como organizar e equilibrar uma matéria sobre política e como lidar com desafios como incomodar funcionários do governo. Se você for suficientemente persistente, poderá ser acusado de revelar segredos de estado! Será uma honra.


página principal | próxima